Esportes

Tite fica até 2022 com ou sem vitória pela Copa América

Brasil - O técnico Tite, afirmou em entrevista coletiva neste sábado (06), que não pensa em deixar a seleção brasileira antes do término do seu contrato, em 2022, após a Copa do Qatar.

O treinador foi breve ao comentar sua permanência na seleção e a afirmação ocorreu durante a véspera da final da Copa da América, que acontece amanhã no Maracanã, a partir das 17 horas, contra o Peru.

Sobre o seu trabalho à frente da equipe principal brasileira, o técnico Tite afirmou que aceita todos os tipos de críticas e conviver com o diferente faz parte do seu dia a dia, mas admitiu tristeza ao saber que seu nome foi vaiado antes de a bolar rolar contra a Argentina, no Mineirão.

“Na hora, eu não ouvi, mas, se tivesse ouvido, ficaria triste. Como agora eu também fiquei triste ao saber, porque eu sou ser humano”, afirmou Tite.
Após negar sua saída da Seleção, Tite faz mistério sobre escalação para a final da Copa América, contra o Peru.

Messi revoltado diz que a Copa América está armada para o Brasil e dispara: “Não temos de ser parte dessa corrupção”

Após ter sido expulso pela segunda vez na carreira, o atacante Messi ficou indignado por ter de deixar o gramado mais cedo na partida contra o Chile, após seu time estar vencendo por 2 a zero. A expulsão do jogador argentino aconteceu após desentendimentos com o chileno Gary Medel. O Chile marcou um gol de pênalti e o placar terminou em 2 a 1 para a argentina.

Como forma de protesto, Messi não voltou a campo para receber a medalha de bronze da Copa América e fez duras críticas à Conmebol, organizadora do evento, que afirmou que não vai se manifestar sobre as declarações do jogador.

Tags: Tite  fica  até  2022  com  ou  sem  vitória  pela  Copa  América