Cotidiano

“Eu não peço, eu mando”, diz presidente Bolsonaro

Brasil - O presidente Jair Bolsonaro voltou a afirmar que a exoneração do diretor do Inpe – Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais, Ricardo Galvão, ocorreu após uma solicitação sua. Segundo o presidente, “não havia mais clima para que ele continuasse no cargo”.

A demissão de Galvão ocorreu após a divulgação do Inpe sobre o aumento do desmatamento da Amazônia neste ano. O presidente confirmou que o ministro da Ciência e Tecnologia, Marcos Pontes, demitiu Galvão a seu pedido. “Eu não peço. Certas coisas eu mando. Por isso que sou presidente. Após as declarações dele a meu respeito, pessoais, não tinha clima para continuar mais. Não tinha clima”, afirmou Bolsonaro, que completou: “os dados sobre o desmatamento estariam sendo usados no exterior para “desacreditar o Brasil”.

“Estamos adiantados com Mercosul, com Japão, Coreia do Sul, Estados Unidos, isso dá um freio na gente, perde todo mundo”, avaliou o presidente Jair Bolsonaro.

Tags: “Eu  não  peço  eu  mando”  diz  presidente  Bolsonaro