Trânsito

Obra da ciclovia do Arco da Inovação segue em ritmo acelerado

São José dos Campos - As obras da ciclovia que irá passar pelo Arco da Inovação seguem em ritmo acelerado com a finalização de um novo trecho e início de novas frentes de trabalho.
A ciclovia irá conectar as regiões central, oeste e sul, possibilitando uma nova opção de deslocamento para quem mora, trabalha ou escolhe pedalar por estas regiões.

Nesta semana, devem ser concluídos os trabalhos no trecho entre portaria do condomínio Reserva da Barra até um posto de combustível na avenida Jorge Zarur.

Em paralelo, foi iniciada a execução da calçada adjacente entre o posto e a esquina da Jorge Zarur com a avenida Benedito Matarazzo, com previsão de término até 15 deste mês.

Na sequência, a equipe será mobilizada para a realização do trecho entre o Boulevard Vila Lobos, passando pela Faap (Fundação Armando Alvares Penteado), avenida Rodrigo Reis Tuy até a escola Objetivo, e também na fundação das duas passarelas que irão compor o projeto.

O projeto
A ciclovia passará pelas avenidas Eduardo Cury, Jorge Zarur, Rodrigo Reis Tuy e Benedito Matarazzo e terá 3,6 quilômetros de extensão.

Com a nova ciclovia, os ciclistas poderão, por exemplo, sair do Urbanova, na região oeste, ou de Santana, na região norte, e ir até o bairro Dom Pedro 2º, na região sul da cidade.

A obra, financiada com recursos do BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento), integra o complexo viário do Arco da Inovação, em construção no principal ponto de congestionamento da cidade atualmente.

O traçado
A ciclovia começará na avenida Eduardo Cury, próxima à rua Ana Maria Nardo, conectando-se com as ciclovias da avenida Linneu de Moura e Via Oeste e seguirá pelo lado esquerdo da avenida Eduardo Cury, no sentido centro.

Na Rotatória do Colinas, a via passará por baixo da ponte estaiada e seguirá pela avenida Jorge Zarur. Para transpor o córrego Senhorinha será construída uma passarela. A partir deste ponto, a ciclovia continua até a avenida Rodrigo Reis Tuy, seguindo paralelamente ao Anel Viário.

Próximo à linha de transmissão que margeia a avenida Florestan Fernandes, será implantada outra passarela para transpor o Anel Viário, cujo encaixe será novamente na avenida Jorge Zarur.

Na sequência, a ciclovia chega até a avenida Benedito Matarazzo, marginal à via Dutra, onde se conecta a passarela próxima ao Shopping, na região sul.

A Prefeitura de São José incentiva o uso do transporte sustentável, tem aumentado a oferta desses modais e se preocupa em dar melhores condições aos usuários, principalmente de segurança, para esses tipos de deslocamentos.

No início de 2017, a cidade possuía 79 quilômetros de malha cicloviária e atualmente são 96 quilômetros, distribuídos em todas as regiões de São José. O objetivo da Prefeitura é que, em 2020, a cidade chegue a 157 quilômetros da malha cicloviária.

Neste ano, a Prefeitura também iniciou as obras da ciclovia do DCTA/Av. dos Astronautas, que terá 6 quilômetros de extensão, além das ciclovias que irão compor os projetos da Via Cambuí (região sudeste) e Via Jaguari (região norte), com 8,6km e 4km, respectivamente.


Foto: Charles de Moura/PMSJC

Tags: Obra  da  ciclovia  do  Arco  da  Inovação  segue  em  ritmo  acelerado