Política

Justiça determina que empresa de APP reconheça vínculo trabalhista

Brasil - A empresa de entregas Loggi tem que reconhecer o vínculo trabalhista dos motoboys que prestam serviço para a companhia. A determinação é da Justiça do Trabalho de São Paulo.

A decisão da 8ª Vara do Trabalho de São Paulo foi publicada na quinta-feira (5). O Ministério Público do Trabalhou moveu a ação em agosto do ano passado.

A empresa também terá de fazer o pagamento adicional de periculosidade aos moto-fretistas e precisará fornecer capacetes e coletes de segurança para os trabalhadores.

A Loggi informou que "lamenta" a determinação da Justiça do Trabalho e que "a decisão pode ser revista pelos tribunais superiores".

Tags: