Economia

Quinhentos mil litros de cerveja estão parados dentro da Backer

Brasil - Quinhentos mil litros de cerveja estão parados dentro dos taques da cervejaria Backer, em Belo Horizonte. O Fantástico entrou no setor onde funciona a penúltima etapa da fabricação das cervejas. Lá se faz a fermentação e a maturação.

O primeiro lote de cervejas que teve a contaminação identificada foi fermentado em um terceiro tanque mostrado na reportagem. Ele foi o primeiro a ser interditado pelos auditores do Ministério da Agricultura. Tanques que têm um tipo de lacre verde e amarelo são os que têm cerveja dentro.

O estoque está cheio. Nenhuma garrafa de cerveja pode ser vendida. A fábrica tem 70 tanques de fermentação, 140 funcionários diretos, que se revezam trabalhando 24 horas por dia. Por causa dos lacres, ninguém pode andar pela linha de produção. A Backer produziu, no ano passado, cinco milhões de litros de cerveja para 18 de suas marcas. A Belorizontina representava 70% das vendas.

A Polícia Civil está investigando como o dietilenoglicol foi parar em 32 lotes de 10 cervejas produzidas pela Backer. Todos foram retirados do mercado.

Tags: