Esportes

Seleção sub-23 cai na hora da decisão, e está nas mão da Argentina!

Brasil - Melhor ataque, com média de quase três gols por partida, 100% de aproveitamento e classificação antecipada para o quadrangular final. O Brasil sobrou na primeira fase do Pré-Olímpico. Porém, em vez de ganhar entrosamento, fazer ajustes e evoluir com o passar do tempo, a seleção sub-23 caiu justamente no momento decisivo do torneio e agora chega à última rodada repleta de incertezas.

Para piorar, a adversária será a Argentina, campeã do Pré-Olímpico e já classificada para Tóquio, que apresenta o melhor futebol da competição. Além de ter vencido os seis jogos que disputou, a seleção alviceleste tem a melhor defesa, o melhor ataque e jogará sem qualquer pressão, tendo como objetivo principal a eliminação brasileira.

Se desde o começo da competição a defesa foi um problema canarinho, agora até o ataque levanta dúvidas. No empate em 1 a 1 com o Uruguai, na última quinta-feira, o Brasil teve o seu menor volume de chances criadas no torneio, e o técnico André Jardine deixou aberta a possibilidade de mexer do meio para a frente.

Tags: