Ciência

Jornalistas da Globo sob forte pressão nas ruas

Brasil - A cobertura da pandemia de covid-19 tem sido um desafio múltiplo a jornalistas da Globo e GloboNews. Exige mais horas de trabalho, o enfrentamento do medo de se contaminar fora de casa e nervos de aço para suportar invasão de privacidade e até hostilização em público.

O episódio mais recente, ocorrido na terça-feira (7), viralizou nas redes sociais e gerou manchetes em dezenas de portais: o âncora Marcelo Cosme, do GloboNews em Pauta e eventualmente do Jornal Hoje, foi filmado enquanto se exercitava na orla carioca.

O homem não identificado que registrou o flagra, disparou xingamentos de baixo nível. Acusou o jornalista de desrespeitar o distanciamento social apesar de pregar em seu programa de TV a prática recomendada pelo Ministério da Saúde.

Na semana passada, o alvo foi Renata Ceribelli, repórter especial do Fantástico. Ela ficou na mira de um paparazzi ao fazer caminhada na Lagoa Rodrigo de Freitas, zona sul do Rio. Minutos antes havia colocado a hashtag #FicaEmCasa em um post numa rede social a fim de incentivar seus seguidores a cumprir a quarentena.

Tags: