Ciência

Empresário é preso por produção clandestina de álcool gel

Brasil - Um empresário de São Paulo foi preso por fabricação clandestina de álcool gel na zona norte da capital paulista. A produção irregular acontecia em uma linha de fabricação de uma rede de cosméticos e foi descoberta por agentes do Departamento de Investigações Criminais (Deic).

As apurações da equipe da Quarta Divecar, delegacia de Investigações Sobre Fraudes Contra Seguros, apontaram uma empresa localizada na Rua Bento Gonçalves, no Jardim Regente Feijó.

No local, foram encontrados 3,4 mil litros de álcool em gel, além de embalagens, produtos e equipamentos destinados à fabricação clandestina. Todo o material foi apreendido e encaminhado à sede do departamento.

O proprietário da empresa foi preso e autuado em flagrante por falsificação, corrupção, adulteração ou alteração de produto destinado a fins terapêuticos ou medicinais. O crime, considerado hediondo, é inafiançável.

Tags: