Esportes

Felipe Massa: "Sofri muito como companheiro de Alonso"

Brasil - Felipe Massa teve que competir contra vários campeões mundiais ao longo de sua carreira. Michael Schumacher em sua estreia, Kimi Raikkonen e Fernando Alonso, mas quem foi o melhor?

Massa respondeu a essa pergunta em uma sessão de perguntas ao vivo em sua conta do Instagram. Um seguidor pergunta a ele sobre seu melhor competidor e, embora Schumacher tenha sete títulos mundiais em seu nome e soubesse impressionar o brasileiro, havia um piloto que era um passo melhor.

“O melhor e mais forte companheiro de equipe foi Alonso. Eu não quero desmerecer Michael nisso, mas Alonso foi sem dúvida tão talentoso e rápido. Schumacher tinha o poder dentro da equipe quando entrei e o senti como um irmão mais velho. No entanto, estar com Alonso era o mesmo, mas ele conseguiu tirar tudo em vantagem”, diz Massa.


Os dois se tornaram companheiros de equipe em 2010 e depois de uma vitória na primeira corrida de Alonso, as proporções na segunda corrida imediatamente ficaram claras. “Estava chovendo na Austrália e estávamos em terceiro e quarto lugar. Fernando ficou atrás de mim e depois a equipe me pediu para deixá-lo na frente. Recusei porque não fazia sentido, mas você fica mentalmente quebrado”.

E assim, Fernando começou a controlar cada vez mais a equipe. “Não era justo e então ele tentou mentalmente me quebrar, para que eu finalmente fizesse o que ele queria. Na Alemanha, acabei deixando-o passar, porque naquela época era a escolha certa”.

“Sofri muito como companheiro de equipe de Alonso. Não necessariamente porque o trabalho não foi divertido e eu me dei bem com ele, mas dentro da equipe ele conseguiu colocar tudo nas minhas costas, então ele sempre conseguiu o que queria. Com Kimi, eu nunca tive esse problema e, portanto, tive que trabalhar duro nisso na minha luta com Alonso”, conclui Massa, que partiu para a Williams no final de 2013.

Tags: