Esportes

Palmeiras será intimado por não pagar parcela de Matías Vinã

Brasil - O Nacional-URU vai intimar o Palmeiras pelo não pagamento de uma parte da quantia acordada na venda de Matías Viña. As informações são do jornal uruguaio Ovación Digital.

O clube uruguaio pretende enviar os documentos ao corpo diretivo do futebol mundial exigindo a quitação do valor, pendente desde o mês de março, e concederá aos Verdão um prazo de dez dias. Caso o alviverde não pague, o Nacional levará a questão para a Fifa.

O periódico ainda informa que o Palmeiras pediu mais tempo para completar o pagamento e tentou ampliar o número de parcelas, alegando problemas financeiros por conta da pandemia do coronavírus. Porém, José Decurnex, presidente do time uruguaio, afirmou que o prazo firmando inicialmente tem que ser respeitado.

Viña foi contratado pelo Palmeiras no começo deste ano por 3,5 milhões de euros (R$ 16,5 milhões na época), que foram divididos em três parcelas. Com contrato até o final de 2024, o lateral fez seis jogos na atual temporada.

Tags: