Economia

São Sebastião reabre bares e restaurantes

Litoral Norte - Estabelecimentos comerciais, como restaurantes, bares e similares foram reabertos, com normas especiais de saúde, a partir da última terça-feira (16), em São Sebastião. A cidade lidera os casos de coronavírus (Covid-19) no Litoral Norte, com 445 pessoas infectadas e oito mortes.

O início da terceira fase do Plano de Reabertura Gradual da Economia foi anunciado pelo prefeito Felipe Augusto em uma live, na noite de segunda-feira (15). A medida vai contra determinação do governo do Estado de São Paulo, que manteve a região na fase 2 (laranja).

“O Governo de São Paulo mantém diálogo permanente com prefeitos, setores produtivos e sociedade civil para planejar a retomada consciente das atividades econômicas. São Sebastião, assim como todos os 645 municípios paulistas, deve respeitar a determinação estadual, sob pena de serem barradas pela justiça, inclusive por iniciativa do Ministério Público”, informou o governo estadual em nota.

Regras

Com a mudança, os estabelecimento passam a abrir de segunda a sexta-feira, das 11h às 15h. Ele devem respeitar o limite de 30% da capacidade de público. As regras de atendimento incluem ainda o afastamento de até dois metros entre as mesas, com até quatro pessoas. O serviço continua proibido aos finais de semana e de noite.

Segundo o prefeito, a abertura tem objetivo de evitar colapso na economia local, já que a taxa de desemprego subiu de 12% para 40% no município. Além disso, ele destacou as medidas de combate ao vírus na cidade, que já teve 10% da população testada e lidera o isolamento social no Estado.

Turismo

Hotéis e pousadas também terão regras flexibilizadas. A ocupação passa para até 50% da capacidade. O turismo náutico retorna com o máximo de 50% da capacidade, respeitando um metro de distanciamento entre os assentos.

De acordo com a prefeitura, o Comitê de Estudo e Gestão de Reabertura da Economia de São Sebastião fará uma avaliação do número de casos ao final de uma semana. De acordo com os dados, pode ocorrer uma maior flexibilização ou um retrocesso das medidas anunciadas.

*Com Nova Imprensa

Tags: