Saúde

Secretaria de Saúde confirma morte por raiva contraída em Ubatuba

Litoral Norte - Um rapaz de 24 anos, que residia em Colombo, no Paraná, faleceu em março em decorrência de raiva humana contraída no município de Ubatuba no início de janeiro de 2018. A informação é da secretaria estadual de Saúde, que emitiu relatório confirmando a doença laboratorialmente e pela evolução do quadro clinico epidemiológico. O estado de São Paulo não tinha casos confirmados da doença há mais de 10 anos.

Segundo o relatório, a vítima veio passar férias na casa do sogro e contraiu a doença em um acidente com morcego ocorrido no dia 3 de janeiro. O paciente não buscou atendimento médico em Ubatuba. Somente ao retornar ao Paraná, no dia 15 de janeiro, iniciou o esquema de vacinação, porém não terminou o tratamento. Em 19 de fevereiro, foi internado com quadro clínico sugestivo de raiva humana indo a óbito no dia 9 de março.

“Assim que fomos comunicados pela secretaria estadual de Saúde de São Paulo sobre a suspeita, na segunda quinzena de janeiro, desencadeamos todas as medidas preconizadas pelo Ministério da Saúde e pela secretaria estadual. Elas incluíram a captura de morcegos no bairro da Casanga, em parceria com a equipe do Estado, a vacinação casa a casa de todos os cães e gatos do bairro, atividades educativas orientando toda a população local sobre o manejo de morcegos e o que fazer diante da ocorrência de acidentes com animais”, explica Patricia Machado Sanches, supervisora da Vigilância em Saúde de Ubatuba.

A raiva é uma doença infecciosa viral aguda que acomete mamíferos, inclusive o homem, e caracteriza-se como uma encefalite (inflamação e infecção do cérebro) progressiva e aguda que leva à morte em praticamente 100% dos casos.

“Em caso de acidente com animais domésticos ou silvestres, não só mordidas como também arranhaduras ou lambeduras, o paciente deve buscar o mais rápido possível a avaliação médica para iniciar o tratamento. Todas as UBS do município de Ubatuba possuem vacina antirrábica humana para atender acidentes e temos também soro antirrábico disponível na Santa Casa”, informa Sanches.

Tags: Secretaria  de  Saúde  confirma  morte  por  raiva  contraída  em  Ubatuba