Tecnologia

Fibria aprimora colheita em morros e montanhas

Jacareí - A Fibria, líder mundial na produção de celulose de eucalipto a partir de florestas plantadas, está investindo em tecnologia para modernizar a gestão florestal. Por meio do Projeto Floresta Inteligente, uma série de ações estão em andamento nas unidades da empresa. Um dos destaques é o Projeto T-Winch, que possibilita a colheita de árvores de eucalipto em áreas de maior declividade, proporcionando mais segurança, rapidez e produtividade.

O T-Winch é um guincho fixo de tração externo que auxilia as máquinas de colheita a atingir áreas com inclinação de até 38º. Na prática, ele permanece fixo em uma área plana enquanto um cabo de aço é fixado na máquina de colheita florestal permitindo que ela se desloque em segurança em áreas com grande declividade e realize a colheita. O guincho é operado por controle remoto e garante redução de 20% nos custos da operação em áreas com declividade acima de 35º.

Até 2013, a colheita mecanizada era feita somente em áreas com inclinação de até 24º e, acima dessa declividade, utilizando motosserras e guinchos de arraste. A partir de então, com o projeto Floresta Inteligente, foi identificada tecnologia adequada para essa mecanização.

“A busca por soluções tecnológicas que tragam mais eficiência faz parte da cultura da Fibria. Com esse equipamento, conseguimos acessar com mais facilidade parte da área da colheita, aumentando a capacidade produtiva e a economia. A intenção é aprimorar os esforços por uma operação segura e com maior ganho operacional”, afirma Luiz Eduardo Sabbado, gerente de Desenvolvimento Operacional Florestal da Fibria.

Com o T-Winch aliado a mapas de alta precisão do relevo, embarcado nos equipamentos, e melhorias nos pneus e esteiras, para aumentar a tração das máquinas de colheita, houve acesso às áreas com maior declividade, reduzindo para poucos dias algumas operações que podiam levar algumas semanas, conseguindo assim antecipar a liberação dessas áreas para a próxima operação, que é o plantio.

Floresta Inteligente

O Projeto Floresta Inteligente centraliza ações de novas tecnologias para digitalização da floresta, visando à melhoria da disponibilização de dados para tomada de decisão, ganhos na produtividade, segurança e desenvolvimento dos empregados da Fibria.

São quatro frentes de implementação de novas tecnologias: plantio (silvicultura), colheita, logística de madeira e análise sistêmica de dados. Mais de 50 projetos estão sendo testados e implantados. Além do T-Winch, a Fibria investiu na tecnologia LIDAR – que permite uma visão tridimensional da floresta e auxilia na medição de áreas, relevos e árvores para inventário –, na aquisição de caminhões com telemetria, no apontamento eletrônico e rastreabilidade de operações, entre outras iniciativas.

Tags: Fibria  aprimora  colheita  em  morros  e  montanhas