25/05/2024 11:08

2021: Programa Gestoras da Moda chega a terceira edição

programa

O lançamento da terceira edição do programa Gestoras da Moda reuniu centenas de participantes no auditório do Senai Elias Miguel Haddad, na última sexta-feira (1º). Os novos alunos e convidados presentes puderam prestigiar, logo na entrada, uma exposição das confecções desenvolvidas pelas alunas formadas nas edições anteriores, nas turmas de 2019 e 2020, como bolsas, toalhas, peças infantis, e demais itens de vestuário.

Nesta aula inaugural da nova turma do programa, os estudantes puderam participar de um painel realizado por três personalidades do ramo da moda: Laura Barbosa, empreendedora da moda e confecção de Jacareí, Fabienne Muzy, consultora de projetos voltados para a área educacional, social e cultural e diretora do São Paulo Fashion Week por 13 anos, e Camilla Silva, que é coordenadora de economia criativa, atuando com eventos de grande porte como São Paulo Fashion Week, Fashion Rio, World Creativity Forum e Movimento HotSpot.

“Nessa nova edição do programa Gestores da Moda, quero aprimorar meus conhecimentos, pra me atualizar, pois o mundo da moda vai se alterando muito e, com isso, pretendo alavancar meus negócios”, contou Marcela Faria, que trabalha com moda há sete anos.

Além disso, estiveram presentes os representantes da Secretaria de Desenvolvimento Econômico de Jacareí, responsável pelo projeto, Secretaria de Saúde, Educação, Assistência Social, IPMJ, Fundação Cultural de Jacarehy e da Câmara Municipal.

“Lá atrás, percebemos que a cidade precisava de um programa de moda robusto, com pessoas que articulassem para que esses profissionais se qualifiquem ainda mais, gerem empregos e ajude a fazer de Jacareí um polo da moda. É uma área muito promissora”, afirmou o secretário de Desenvolvimento Econômico, Carlos Amagai.

Mudança

Neste ano, a Prefeitura de Jacareí deu mais um passo com o objetivo de tornar o município um polo da moda, referência para todo o país. Com a abertura de novos cursos para o setor, entre eles a Carreta da Moda, ofertando cerca de 100 vagas para aulas de costura industrial, pela primeira vez houve uma grande procura dos homens, com interesse em participar das aulas.

Com isso, a partir dessa terceira edição, o programa passa a se chamar ‘Gestores da Moda’. As aulas teóricas do projeto, sobre empreendedorismo e gestão, serão realizadas semanalmente, enquanto a parte técnica, a partir da próxima semana, passará a ser realizada diariamente.

“Essa edição é muito especial, com a participação de homens que atuam no mercado têxtil. Serão aplicadas várias ferramentas de gestão, executando o modelo de negócios de forma bem meticulosa, e as aulas práticas para aprimoramento em todas as máquinas industriais mais modernas no mercado”, comentou Daniela Cambuzano, coordenadora do Programa.

Projeto Novo Olhar

Com o apoio da Prefeitura Municipal de Jacareí, representantes de grandes empresas participaram do primeiro evento do Projeto Novo Olhar, na quarta-feira (29), na sede do Senai (Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial) da cidade.

O objetivo do ‘Novo Olhar’ é capacitar moradores de bairros carentes de Jacareí, em situação de vulnerabilidade socioeconômica, auxiliando-os a ingressarem no mercado de trabalho, por meio de empresas parceiras. Além disso, o Projeto visa melhorar o ambiente nas empresas, com pessoas qualificadas, resolvendo a necessidade dos empregados e dos empregadores.

Nessa primeira etapa, foram selecionados 20 participantes, com auxílio do Posto de Atendimento ao Trabalhador (PAT), ligado à Secretaria de Desenvolvimento Econômico, e da Secretaria de Assistência Social do município. Durante a capacitação, será oferecido aos alunos um acompanhamento no processo de pré e pós-contratação.

“O programa vem no momento certo. A parceria tripartite entre Poder Público, instituições e empresas unirá as pontas, gerando oportunidades a quem precisa”, afirmou o secretário de Desenvolvimento Econômico de Jacareí, Carlos Amagai.

Parcerias

Idealizado pela Suzano, o projeto conta com a parceria do Senai, Consultoria Jurídica ADM Velozo, Centro Integração Empresa-Escola (CIEE), Sebrae, Sincomércio do município, CDL Jacareí e Sesi, além do apoio da Prefeitura. A ideia é que nos próximos meses, o Projeto seja expandido para mais moradores, com o apoio de novas empresas.

“É um projeto que tem papel fundamental na vida das famílias em vulnerabilidade social de Jacareí. O papel da SAS nesse projeto é identificar essas famílias e indicá-las para realizar a capacitação, para que, posteriormente, essas pessoas consigam entrar no mercado de trabalho e sigam suas vidas com dignidade”, completou Juliana Dualibi, secretária de Assistência Social do município.

Gostou do conteúdo, compartilhe agora mesmo!

Leia também

Veja também