18/07/2024 01:04

Acordo aprovado na Volks de Taubaté prevê contratações e investimentos até 2028

Foto: Divulgação

A fábrica da Volkswagen em Taubaté estendeu o acordo coletivo que prevê a estabilidade nos empregos, investimentos e contratações até 2028.

A proposta foi negociada entre o Sindicato dos Metalúrgicos de Taubaté e a montadora e aprovada em assembleias com trabalhadores dos três turnos.

Com a decisão dos metalúrgicos e da montadora, estão garantidos os empregos na fábrica até 2028 e a criação de 137 postos de trabalho a partir de janeiro de 2024 para produção de um novo SUV compacto, previsto para ser lançado em 2025, o que reforça Taubaté como polo automotivo.

Também fica garantida a efetivação dos alunos do Senai que atuarem na Volks nos anos de 2025, 2026, 2027 e 2028, desde que seja atingida a nota de aprovação estabelecida pela montadora.

Esse acréscimo na mão de obra será feito para produção de um novo SUV compacto em Taubaté, que será lançado em 2025. A unidade também está credenciada para receber novos investimentos e produtos compartilhados com outras unidades da Volks.

Atualmente, a Volkswagen tem cerca de 3.100 funcionários em Taubaté e produz o carro Polo Track.

Além disso, o acordo garante cláusulas para valorização do PPR (Programa de Participação nos Resultados), do piso salarial e da data-base, com a implantação de vale-alimentação.

INVESTIMENTO

Em nota, a Volkswagen informou que concluiu a extensão do prazo até 2028 dos acordos coletivos vigentes entre os sindicatos das fábricas Anchieta (São Bernardo do Campo), São José dos Pinhais, São Carlos e Taubaté, que teve a aprovação da maioria dos funcionários em todas as plantas.

Segundo a nota, a conclusão dessa negociação é “fundamental para novos investimentos, veículos e sistemas de propulsão que serão desenvolvidos e produzidos pela marca no Brasil e serão comunicados oportunamente pela empresa”.

Claudio Batista, o Claudião, presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de Taubaté, disse que o acordo irá injetar novos investimentos nas quatro unidades da montadora no Brasil. As negociações foram realizadas de forma conjunta entre os quatros sindicatos que representam os trabalhadores no Brasil.

“A Volks vai investir R$ 7 bilhões nos próximos anos. Um investimento necessário para adequar as fábricas para a nova legislação de descarbonização dos veículos”, afirmou.

“Chegaremos a dez anos de estabilidade do emprego nas unidades da Volks no Brasil. Essa garantia será possível por meio do compartilhamento da produção entre as quatro fábricas da montadora no país. No acordo, ficou definido que isso ocorrerá dependendo do cenário de mercado, de um ou de outro veículo”, disse o sindicalista.

Na avaliação da Prefeitura de Taubaté, a parceria entre a Volkswagen e o Sindicato dos Metalúrgicos garante a continuidade do setor automotivo na cidade e solidifica o compromisso de ambas as partes com o bem-estar da comunidade.

“A Prefeitura de Taubaté também endossa essa iniciativa que fomenta a geração de empregos e o desenvolvimento local”, informou o governo.

Veja também