24/06/2024 17:49

Aeroporto: Brasileiros são abordados com drogas. Polícia Federal incinera 4 toneladas de drogas

No Aeroporto Internacional de São Paulo, a Polícia Federal identificou na madrugada de hoje (15) dois brasileiros portando droga e substância suspeita em fundo falso de mala, em forros de uma bermuda e no aparelho digestivo. Policiais federais, que fiscalizavam os passageiros no aeroporto, na fila do check-in de voo para Dubai, nos Emirados Árabes, selecionaram e entrevistaram uma brasileira, de 19 anos de idade.

A mulher disse aos policiais que a razão de sua viagem era a visita a um zoológico naquela cidade. Em razão das suspeitas, sua bagagem foi submetida ao aparelho de raio-x do aeroporto, mas nada foi encontrado, sendo assim liberada. Momentos mais tarde, a mesma passageira se apresentou no controle migratório, mas os policiais notaram que a bagagem de mão não era a mesma que estava com ela no momento da abordagem.

As imagens do aparelho de raio-x revelaram a presença de substância orgânica nas estruturas dessa mala. A passageira foi conduzida a uma sala reservada do aeroporto e, na busca pessoal, a policial feminina encontrou volumes costurados nos forros da sua bermuda.

aeroporto

Na delegacia, a mala foi desmontada e a substância, que estava oculta nas estruturas, foi identificada como cocaína, totalizando 2 Kg. O conteúdo dos três volumes encontrados na bermuda da suspeita, somou quase 4 Kg, mas os exames preliminares não foram conclusivos necessitando uma análise mais complexa no laboratório da PF. A suspeita recebeu voz de prisão.

Momentos após esta prisão, a PF foi informada de que no Hospital Geral de Guarulhos, havia dado entrada uma pessoa convulsionando em razão de substância ingerida. Consultado, o Hospital informou que o paciente era proveniente do Aeroporto Internacional de São Paulo e disse que havia ingerido cápsulas contendo cocaína e que, os exames revelaram diversas cápsulas no aparelho digestivo do paciente.

De posse das informações acerca da identidade do paciente, verificou-se, por meio do sistema, que ele embarcaria para Lisboa, em Portugal. Por esse motivo foi representada em desfavor do paciente, a decretação de prisão temporária por tráfico internacional de drogas, até que seja expelida ao menos uma cápsula contendo a substância ilícita.

Os presos serão apresentados à Justiça Federal onde responderão pelo crime de tráfico internacional de drogas.

aeroporto

4 toneladas de drogas inicineradas

A Polícia Federal realizou hoje uma ação de incineração de drogas apreendidas no decorrer da semana. Ao todo foram 4 toneladas de entorpecentes incinerados.

O trabalho para completa destruição da droga segue os procedimentos estabelecidos na Lei Antitóxicos (Lei n. 11.343/2006).O entorpecente é inserido, pelos policiais e equipe de apoio, num forno industrial de altíssima temperatura, sendo totalmente consumido. O processo químico é totalmente seguro e obedece a legislação de preservação ao meio ambiente.

Para a segurança da operação é necessário o envolvimento de diversas equipes de policiais federais, o que garante a segurança da ação, preservação e escolta de todo material até a total destruição da droga.

Canal de Denúncia

A Concessionária do Aeroporto Internacional de Guarulhos possui um Canal de Denúncia direcionado a atender seus colaboradores e parceiros de negócio para reporte de ações antiéticas, fraude, assédio, corrupção, propina entre outras violações do seu Código de Ética e Conduta. O canal é gerido por uma empresa terceirizada especializada que garante o sigilo e a imparcialidade no tratamento das informações. Ainda oferece ao denunciante a opção de permanecer anônimo.

Clique aqui para registrar uma denúncia.

O relato também pode ser registrado pelo e-mail gru@canaldedenuncia.com.br ou pelo 0800 727 0357, de segunda a sexta, das 9h às 17h.

Este canal é dedicado para denúncias relacionadas as violações do Código de Ética e Conduta da Concessionária. Situações ligadas a outros assuntos como controle sanitário, fiscalização de tributos federais, controle aduaneiro e de fronteiras, tráfico de drogas, contrabando, fiscalização agropecuária, extravio de bagagem, atrasos ou cancelamentos de voos e condutas de funcionários de companhias aéreas, devem ser direcionadas aos Canais disponibilizados pelos Órgãos Competentes, conforme abaixo:

  • ​​Anvisa: Para situações que envolvem o Controle Sanitário (doenças infectocontagiosas, medicamentos, alimentos, cosméticos, saneantes, derivados do tabaco, produtos médicos, sangue, hemoderivados e serviços de saúde.) Site oficial: http://portal.anvisa.gov.br/
  • Receita Federal: Para situações que envolvem fiscalização de tributos federais e o controle aduaneiro (evasão fiscal, contrabando, descaminho, fraude comercial, tráfico de drogas, animais em extinção e atos ilícitos relacionados ao comércio internacional) Site oficial: http://receita.economia.gov.br/
  • Polícia Federal: Situações que envolvam controle de fronteiras/imigração, tráfico de drogas, contrabando e descaminho. Site oficial: http://www.pf.gov.br/
  • ​Vigiagro: Para situações relacionadas ao controle e fiscalização agropecuária de animais, vegetais, insumos, inclusive alimentos para animais, produtos de origem animal e vegetal, e embalagens e suportes de madeira importados, exportados e em trânsito internacional pelo Brasil. Site oficial: http://www.agricultura.gov.br/
  • ​​Companhias Aéreas: Situações envolvendo bagagens (extravio, furto, restituição), voos (atrasos, cancelamentos, dúvidas) e conduta de funcionários de companhias aéreas (atendimento ou apoio ao passageiro para embarque/check-in) devem ser direcionadas às próprias companhias aéreas nas quais os passageiros tenham viajado, em seus respectivos sites.​

 

Gostou do conteúdo, compartilhe agora mesmo!

Leia também

Veja também