26/02/2024 12:36

Bolsonaro comparece em São Sebastião para depor sobre o caso da baleia, mas oitiva é adiada para março

Foto: Redes Sociais

O ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) foi ovacionado por uma multidão de apoiadores nesta quarta-feira (7) em São Sebastião, litoral norte de São Paulo.

Bolsonaro seria ouvido na cidade, nesta terça (6), pela Polícia Federal (PF) no caso de possível importunação do político a uma baleia jubarte durante um passeio de jet ski na região.

A oitiva foi adiada para o dia 27 de janeiro e o local também foi alterado. O ex-presidente agora vai depor na capital paulista.

Mesmo após saber do cancelamento, Bolsonaro quis comparecer ao local onde seria recebido por apoiadores.

“Vocês sabem que a PF havia marcado para amanhã, dia 7, às 15h, o meu depoimento nesta cidade, não sei por que resolveram adiar, inclusive [remarcaram] para outro lugar. Mas, como muita gente já havia manifestado que gostaria de comparecer para me ver, bater um papo, resolvi manter esse compromisso”, disse o ex-presidente em vídeo publicado nas redes sociais.

Concentrada em torno de um trio elétrico, a multidão de apoiadores do político protestaram e provocaram o presidente Lula (PT) com gritos de “Lula ladrão”. Os apoiadores também ovacionaram Bolsonaro com gritos de “mito”.

O ex-presidente discursou na ocasião e falou sobre a declaração do deputado federal Guilherme Boulos (PSOL-SP) sobre Lula “conquistar” o governador Tarcísio de Freitas (Rep-SP). Bolsonaro aproveitou e alfinetou o petista.

“Essa semana vimos o atual candidato do PSOL à Prefeitura de São Paulo dizendo que o Lula conquistaria o Tarcísio para o partido dele, obviamente que não fiquei preocupado com isso. Ficaria preocupado se Lula quisesse roubar o Tarcísio pra ele. Porque roubar é o que ele sabe fazer desde que surgiu o PT”, disparou.

Confira o vídeo de Bolsonaro no litoral norte

Gostou do conteúdo, compartilhe agora mesmo!

Leia também

Veja também