13/04/2024 12:09

Câmara discute atendimento aos autistas na pandemia

Os vereadores que compõem a Frente Parlamentar de Apoio à Pessoa com Autismo se reuniram nesta segunda-feira (29), na Câmara, com representantes da Rede de Inclusão ao Autista (RIA). O objetivo foi compreender a estrutura do programa e saber se a pandemia afetou o andamento dos serviços oferecidos às pessoas com Transtorno do Espectro Autista (TEA) assistidas pelo município.

A reunião, solicitada pelos vereadores que compõe a Frente, Dulce Rita (PSDB), Fernando Petiti (MDB) e Marcão da Academia (Democratas), contou com a presença de representantes do Centro de Atenção Psicossocial (CAPS) Infantil, Pollyana Fraga, e da Saúde Mental do município, Patrícia Minari. O encontro obedeceu a todos os protocolos sanitários estabelecidos para o combate à pandemia.

De acordo com os parlamentares, nesse período, muitas famílias procuraram a Câmara para solicitar a ampliação do atendimento aos autistas. Entre as principais demandas estão vagas para alunos com autismo nas escolas, maior preparo dos profissionais da educação no acompanhamento a essas crianças em sala de aula e informações sobre o retorno das atividades esportivas e culturais, suspensas devido à pandemia, que auxiliam no tratamento e desenvolvimento de crianças e jovens autistas.

A representante do CAPS Infantil informou aos vereadores que as reuniões da RIA estão acontecendo, a cada 15 dias, mas de forma virtual. Ela também informou que houve restrição de alguns serviços, mas que os atendimentos pelo CAPS com psiquiatras, psicólogos, terapeutas, fonoaudiólogos e assistentes sociais estão mantidos.

Durante a reunião, as convidadas também apresentaram dados numéricos: atualmente 1.147 pessoas com autismo estão cadastradas no programa RIA, sendo 878 homens e 228 mulheres. Já na rede de ensino, são cerca de 400 alunos autistas matriculados em escolas municipais da cidade.

A rede estuda ainda a realização de ações educativas no mês de abril, devido ao Dia Mundial de Conscientização do Autismo, comemorado dia 2, e também a criação de uma carteira de identificação para os autistas.

Os vereadores comentaram a respeito do retorno dos trabalhos da Frente Parlamentar em Apoio à Pessoa com Autismo, realizado entre 2018 e 2019, que resultou na criação da RIA. Eles ainda enfatizaram a necessidade de ampliar o acesso dos autistas aos serviços oferecidos pela rede para garantir seu desenvolvimento e inclusão, assim como o apoio aos seus familiares.

Gostou do conteúdo, compartilhe agora mesmo!

Leia também

Veja também