03/03/2024 15:07

Casa de Acolhida promove ação do Dia Mundial da Luta contra a AIDS em São José

Foto: Divulgação

No Dia Mundial do Combate a AIDS, 1º de dezembro, A Casa de Acolhida de São José dos Campos promove neste Dia Mundial do Combate a AIDS, 1º de dezembro, o primeiro evento aberto de conscientização, adesão ao tratamento e combate ao preconceito. O encontro acontece nesta sexta-feira, das 8h30 às 10h30 na sede do CRMI (Centro de Referência de Moléstias Infecciosas), no Bairro São Dimas, contando com diversas apresentações culturais e dinâmicas em grupo.

Atividades com muita música e dança, fazem parte da programação, além de um café da manhã especial para os participantes. O objetivo é conscientizar de forma leve, sobre a prevenção do HIV e o tratamento adequado após o diagnóstico, principalmente, para as pessoas em vulnerabilidade social.

Sobre a Casa de Acolhida:
Com quase 30 anos prestando assistência às PVHA (Pessoas Vivendo com HIV/AIDS), a entidade sobrevive de parceria com o Poder Público, doações e voluntariado. Atualmente atende 120 famílias da cidade de São José dos Campos, e os assistidos contam com apoio psicológico e à dependência química, assistência social, orientação nutricional e jurídica, e atendimento psicopedagógico. O principal objetivo da Casa de Acolhida é oferecer apoio às pessoas soropositivas, resgatando-as da morte social, causada pelo julgamento da sociedade.

Em sua maioria, as PHVA estão às margens de exclusão da nossa comunidade, como moradores de rua e de regiões periféricas, sem o devido acesso à informação. A Casa mostra que o paciente não perde seu valor após o diagnóstico e pode ter qualidade de vida, mesmo com a doença, através do tratamento antirretroviral, disponibilizado pelo Sistema Único de Saúde.

Sobre o vírus HIV e a AIDS:
Segundo o Ministério da Saúde, sua transmissão é através da relação sexual desprotegida, ou uso de objetos perfurocortantes infectados. A melhor forma de prevenção é o uso do preservativo durante o sexo, além da certificação do uso de materiais descartáveis em hospitais, estúdios de tatuagem e piercing, entre outros.

O vírus do HIV destrói certos tipos de glóbulos brancos do sangue, atingindo o sistema imunológico e enfraquecendo as defesas do corpo contra infecções. A doença da AIDS não tem cura, mas possui tratamento através dos medicamentos antirretrovirais. Eles podem interromper a reprodução do vírus no sangue, permitindo que o sistema imunológico se fortaleça para combater novas infecções.

As pessoas soropositivas não morrem por AIDS mas, sim, por doenças oportunistas que as atingem quando sua imunidade está prejudicada pelo vírus.

Gostou do conteúdo, compartilhe agora mesmo!

Leia também

Veja também