18/07/2024 03:00

Centros de Referência da Dengue otimizam tempo de atendimento

Os Centros de Referência da Dengue abertos pelo Hospital Municipal na última quinta-feira (28) e pelo Hospital de Clínicas Sul em 16 de março, criaram fluxos específicos para as pessoas com sintomas de dengue, que reduziram o tempo de atendimento aos pacientes.

Nos dois postos, o tempo médio de atendimento gira em torno de 1 hora e 10 minutos. Nos Centros de Referência, os pacientes fazem teste rápido, exame de sangue e recebem hidratação por soro. Casos que precisam de internação são incorporados aos próprios hospitais.

Até o meio-dia desta segunda-feira (1º de abril), mais de 7,6 mil pacientes tinham sido atendidos nos dois locais, que são 100% SUS e funcionam 24 horas. O total de pacientes por dia varia entre 360 a 400 pessoas.

Fluxo

No Hospital Municipal, o paciente que têm sintomas mais graves é colocado em um espaço específico na fileira das poltronas de hidratação. Não há consultórios e os médicos circulam entre as 30 poltronas recebendo as informações dos pacientes pela enfermagem e fazendo exames clínicos.

O diferencial no Hospital da Vila é a instalação no local de um equipamento de hematologia que faz análise imediata das amostras de sangue, otimizando o tempo de espera para o resultado.

No Hospital de Clínicas Sul, os fluxos foram analisados por vários dias na busca de um atendimento com menor demora para acolher e tratar os pacientes.  

O hospital reativou a recepção central, que ficou exclusiva para os pacientes com sintomas de dengue. Foram montadas duas salas para hidratação, uma sala para acomodar os pacientes durante a espera dos resultados dos exames e outra sala para eventual aumento de casos. Também foi criado um posto de enfermagem.

Instalações

No Hospital Municipal, a unidade foi instalada no auditório do Centro de Reabilitação Lucy Montoro, em uma parceria entre a Prefeitura de São José dos Campos e o governo do Estado, que mantém o Lucy Montoro. 

O local fica ao lado do estacionamento do Hospital da Vila, na mesma calçada do Pronto-Socorro. No Clínicas Sul, o Centro fica dentro do próprio hospital. 

O Hospital Municipal e o Hospital de Clínicas Sul são mantidos pela Prefeitura de São José dos Campos. O HM é gerenciado pela SPDM (Associação Paulista para o Desenvolvimento da Medicina) e o Clínicas Sul pela OS Hospital e Maternidade Therezinha de Jesus.


Ala no Hospital de Clínicas Sul atende população desde 16 de março  | Foto: Adenir Britto/PMSJC

Sheila Faria
Secretaria de Saúde