26/02/2024 12:24

Chegada das Bandeiras é destaque em exposição do museu em São José

Foto: PMSJC

O ciclo de Natal no Museu do Folclore é marcado pela abertura e fechamento do presépio, momentos que ocorrem, respectivamente, no início de dezembro e final de janeiro. Nas duas oportunidades, as manifestações são caracterizadas pela presença de diferentes Folias de Reis em visita ao presépio.

Neste ano, o ciclo ganhou uma atração a mais, com a exposição temporária “Chegada das Bandeiras: entre Presépios e Folias”, que será aberta nesse domingo (17), às 14h. A mostra destaca o acervo iconográfico do museu, com cartazes, fotografias, músicas, vídeos e recortes de jornais que divulgam o ciclo de Natal ao longo dos anos.

A exposição poderá ser visitada, gratuitamente, até 28 de janeiro de 2024, de terça a sexta, das 9h às 17h, e aos sábados e domingos, das 14h às 17h. A data também marca o encerramento do ciclo de Natal e o fechamento do presépio, com a 26ª edição da Chegada das Bandeiras.

Importância

“Fazer parte do ciclo Natalino, promovido pelo Museu do Folclore, é uma coisa maravilhosa. Eu sou do tempo do seu Zé Mira montando a nossa Folia de Reis, em 98, quando a gente não tinha nem bandeira ainda”. A afirmação é mestre Gilberto Pires de Moraes, o Giba Reys, da Folia de Reis do Mestre Zé Mira, de São José dos Campos.

Para Luciano Batista da Silva, mestre da Folia de Reis Bom Jesus do Buquirinha, também de São José, “participar do ciclo de Natal do Museu do Folclore é um grande presente e uma imensa satisfação, pois é um momento único de troca de experiências, onde podemos aprender mais sobre este universo das Folias de Reis”.

“Participar do ciclo de Natal do Museu do Folclore é muito importante para nós da Folia de Francisco de Caçapava, para todos os foliões e mestres dos outros grupos, porque é realmente quando a gente coloca a nossa religiosidade e a nossa cultura popular pra fora”, destaca a mestra Ana Castro.

Gestão

O Museu do Folclore é um espaço da Fundação Cultural Cassiano Ricardo, que funciona no Parque da Cidade desde 1997. Sua gestão é feita pelo CECP (Centro de Estudos da Cultura Popular), organização da sociedade civil sem fins lucrativos.

Museu do Folclore de SJC
Av. Olivo Gomes, 100 – Santana (Parque da Cidade)
(12) 3924-7318 ou (12) 3924-7354
www.museudofolclore.org

Gostou do conteúdo, compartilhe agora mesmo!

Leia também

Veja também