12/04/2024 15:38

Comitê de Bacias Hidrográficas aprova projetos de R$ 3,5 milhões

O CBH-SP (Comitê das Bacias Hidrográficas do Rio Paraíba do Sul) aprova nesta sexta-feira (18) dois projetos da Prefeitura de São José dos Campos e um da Fundepag (Fundação de Desenvolvimento da Pesquisa do Agronegócio) em parceria com a Prefeitura, para obtenção de recursos que totalizam R$ 3,5 milhões.

A maior parte dos recursos virá do Fehidro (Fundo de Recursos Hídricos) a fundo perdido, com contrapartida da Prefeitura.

O projeto Ações para o Controle de Poluição Difusa e Manejo Sustentável de Águas Pluviais visa executar a etapa 2 do Plano Diretor de Drenagem e Manejo de Águas Pluviais para propor inovações no controle da poluição difusa (que não dá para identificar a origem).

Assim, o planejamento dos sistemas de áreas verdes e de drenagem urbana passarão a ser feitos de forma integrada, controlando a poluição dos rios urbanos trazida pelas águas da chuva pela “lavagem” da cidade.

Outro projeto importante é o Águas da Mantiqueira: Plano de Gestão Distrital de São Francisco Xavier, em parceria com a Fundepag. Ele surgiu da revisão do Plano Diretor Municipal para atender demandas da população do distrito, conciliando a preservação do patrimônio natural –como a biodiversidade e a rede hídrica excepcional– com oportunidades para o desenvolvimento humano, através da economia inclusiva e participativa, tornando a preservação ambiental uma oportunidade de emprego e renda.

O projeto inclui a criação de políticas públicas inovadoras para o turismo ecológico e científico, educação, desenvolvimento econômico, saúde do distrito, além da preservação de biodiversidade e segurança hídrica.

Galerias

O projeto de implantação de Galerias de Águas Pluviais – João do Pulo visa melhorar a qualidade de vida da população da região sul, em especial do Jardim Satélite, que atualmente sofre com problemas derivados de enchentes, principalmente na Avenida Perseu, 180.

A atual rede de águas pluviais que faz o sistema de escoamento das águas da chuva não atende a demanda de escoamento necessária. A nova rede foi concebida para atender o escoamento de águas pluviais na sub-bacia. Conta com um novo traçado e novos pontos de captação, além de uma nova tubulação com diâmetros mais adequados para receber o escoamento (de 40, 60 e 150 cm).

A nova rede conta com 12 novos pontos de captação, 470,6 metros de canalização em tubos de concreto e 8 poços de visita.

Gostou do conteúdo, compartilhe agora mesmo!

Leia também

Veja também