18/05/2024 10:02

Criança de 3 anos em chamas é salva. Mãe deixa o filho morrer de fome na Inglaterra

criança

Uma criança de 3 anos em chamas é salva por policial, e mãe deixa o filho morrer de fome na Inglaterra. Uma mulher que deixou o próprio filho morrer de fome e apodrecer dentro de casa saiu da penitenciária no meio de sua sentença de 15 anos de prisão. O corpo do pequeno Hamzah Khan foi encontrado mumificado em seu berço, segurando o seu brinquedo favorito.

Amanda Hutton, de 51 anos, foi julgada e condenada em 2013, em Bradford, na Inglaterra, por homicídio culposo e negligência infantil. Agora, ela foi libertada e deverá fazer trabalhos comunitários até o fim da sentença.

A chocante história de abandono veio à tona depois que o vizinho de Hutton, Mohammed Zahid, reclamou que fraldas sujas eram constantemente jogadas por cima da cerca em seu jardim. Na época, a policial de apoio comunitário Jodie Dunsmore foi enviada para a casa de Hutton, mas não conseguiu ser atendida. Desconfiada, ela olhou através da caixa de correio e a imagem e o cheiro da casa imunda a fizeram engasgar.

Apenas após várias visitas, a polícia finalmente conseguiu acesso à casa. Foi com profundo espanto que a equipe se deparou com a criança morta, coberta de moscas e sob uma pilha de sapatos, roupas sujas e roupas de cama no berço.

Segundo a investigação, o corpinho de Hamzah estava visivelmente desnutrido, vestia um macacão que caberia em um bebê de nove meses e estava lá, sem vida, há pelo menos dois anos.

De acordo com o Daily Star, Hutton teve oito filhos com o parceiro Aftab Khan, mas apesar da caótica situação familiar estar no radar da polícia, escolas, serviços de saúde e sociais, por algum motivo, as crianças não foram colocadas no registro de risco.

Dos oito filhos, cinco tinham idades entre 5 e 13 anos e foram encontrados em situações de miséria, sujeira e abandono dentro da residência.

criança

Fotos assustadoras mostram pilhas de lixo na casa onde a família vivia. (Foto: Reprodução/The Sun/Montagem/RIC Mais)
Ao ser interrogada pela polícia, a mãe chegou a dizer que Hamzah estava subnutrido por ser “muito exigente com o que comia”. No entanto, no tribunal, um dos irmãos da criança afirmou que ela era negligenciada pela mãe e que chegou a presenciar o irmão comendo fezes das próprias fraldas, enquanto Hutton bebia vodca em outro cômodo da casa.

Ao ser confrontada com o testemunho do filho, ela declarou que ele mentia e afirmou que sempre se esforçou ao máximo para mantê-lo vivo.

O pai das crianças só não foi parar no banco dos réus com a ex-mulher porque havia uma ordem judicial, por violência doméstica, que o impedia de se aproximar da mulher ou da casa em que ela vivia com os filhos.

criança

Policial salva criança de 3 anos em chamas

Uma câmera embutida na farda de um comissário da polícia da Flórida, nos Estados Unidos, registrou o momento no qual uma criança de 3 anos é resgatada de uma casa em chamas na cidade de Palm Coast no último domingo, 17. De acordo com as autoridades, a polícia foi chamada por um vizinho que viu sinais de um incêndio na cozinha da residência.

As imagens divulgadas pela delegacia local nas redes sociais mostram o agente Marcus Dawson batendo na porta da casa. Sem obter qualquer resposta, ele entra no local e vê o menino escondido da fumaça sob um cobertor. Ele pergunta onde os pais da criança estão e o menino, que assistia a um vídeo no celular, fala que não sabe. O garoto foi entregue a outra policial sem qualquer ferimento.

“Esta criança estava escondida e com medo do fogo e da fumaça assistindo a um desenho animado no celular quando os treinos de resposta à emergência do oficial Dawson permitiram que ele encontrasse a criança e resgatasse ela com segurança”, afirmou um comunicado divulgado pelo Xerife. De acordo com as autoridades, o pai e a mãe da criança foram encontrados alguns minutos depois do incidente e afirmaram que tinham deixado o menino dormindo sozinho quando saíram para comprar jantar. A polícia não informou se o casal foi indiciado por abandonar o menor.

Veja, abaixo, vídeo do momento do resgate:

Gostou do conteúdo, compartilhe agora mesmo!

Leia também

Veja também