20/05/2024 07:10

Defesa Civil amplia aproximação com a comunidade

A Prefeitura de São José dos Campos, através do trabalho desenvolvido pela Defesa Civil, tem intensificado a aproximação com a comunidade com o objetivo de prevenir calamidades e salvar vidas.

Desde janeiro, foi retomada a entrega de cartilhas à população nas feiras livres com dicas e cuidados a serem adotados no dia a dia.

Em outra frente de atuação, para ampliar o número de voluntários e facilitar e agilizar a vida dos munícipes na última quarta-feira (14) foi inserido no site da Administração (www.sjc.sp.gov.br) o cadastro on-line. Antes, os interessados tinham que ir à sede da Defesa Civil para ter acesso e preencher a ficha.

“Com o cadastro on-line, nossa expectativa é de que tenhamos ainda mais pessoas querendo ser voluntárias, o que ajudará nos nossos trabalhos diários. Também poderemos criar novos Nupdecs nos locais onde estas pessoas moram, agilizando o atendimento de ocorrências”, disse o coordenador da Defesa Civil, José Benedito da Silva.

Os Nupdecs (Núcleos de Proteção e Defesa Civil) são grupos formados por moradores voluntários de bairros considerados áreas de risco. O objetivo é prevenir e reduzir a ocorrência de desastres, naturais ou provocados.

Nos últimos quatro anos foram criadas duas unidades, que funcionam no distrito de São Francisco Xavier, na zona norte, e na região leste. Já está em estudo a implantação de unidades em outras regiões da cidade.

Salvando vidas

Desde 2017, a Prefeitura tem incentivado a participação voluntária da comunidade. O efetivo mais que dobrou desde então, subindo de 50 para 120 pessoas. No dia a dia, eles atuam com os 24 agentes da Defesa Civil.

São homens e mulheres que dedicam seus momentos de folga e lazer, deixando suas casas, parentes e amigos para cumprir uma missão nobre: ajudar a salvar vidas.

Para os voluntários, não tem tempo ruim: faça sol ou faça chuva, estão preparados para atuar, em apoio fundamental aos agentes municipais. Muitas vezes, eles são os primeiros a chegar nas ocorrências.

O grupo é formado por munícipes de diversas áreas de atuação, que doam parte de seu tempo para fazer a diferença na vida do próximo, garantindo atenção e atendimento às vítimas de queimadas, enchentes e outras calamidades.

“Tem sido uma experiência muito enriquecedora ser voluntária da Defesa Civil. Tenho aprendido bastante, além de conhecer outras pessoas. É muito bom ser útil e ajudar a comunidade”, disse a controladora de acesso Talita Ludgeria de Oliveira, que tem 33 anos e é voluntária da Defesa Civil desde 2017.

Operação Estiagem

Os atuais e os novos voluntários serão capacitados para atuarem na Operação Estiagem, que terá início ainda neste mês com a finalidade de apoiar as ações do Corpo de Bombeiros de combate a incêndios em mato e florestas.

Durante as atividades práticas dos treinamentos serão apresentados os diversos tipos de riscos e os procedimentos de avaliação do local da emergência, como tomar as primeiras medidas de segurança, como atuar em grupo e preventivamente na comunidade em que moram. Essa formação é ministrada em parceria com o Corpo de Bombeiros e outros órgãos.

Em São José, os telefones de emergência para a comunicação de incêndios e ocorrências ligados à Defesa Civil são o 193 (Corpo de Bombeiros) e 190 (Polícia Militar – Cabine da Defesa Civil).

Gostou do conteúdo, compartilhe agora mesmo!

Leia também

Veja também