26/02/2024 10:46

São José usará drones da Guarda Municipal no combate ao mosquito da dengue

Drones dengue

Deputada Leticia Aguiar enviou ofício à Prefeitura sugerindo o uso dos drones diante do aumento dos focos do mosquito na cidade

Na manhã desta quinta-feira (8) a deputada Leticia Aguiar encontrou-se com a Secretária de Saúde de São José dos Campos, Margarete Corrêa, e ouviu da própria secretária que aceitou sua sugestão para uso de drones contra a dengue.

A deputada estadual Leticia Aguiar encaminhou ofício à Prefeitura de São José dos Campos, sugerindo o uso de drones para o combate ao mosquito Aedes Aegypti.

Segundo a secretária, dentro das premissas da atual Administração, que é o compartilhamento de recursos entre as secretarias para melhoria do serviço prestado à população, o drone da GCM será utilizado para trabalhos de combate ao mosquito da dengue na cidade.

A Prefeitura possui três aparelhos, sendo dois drones da Secretaria de Proteção ao Cidadão para ações da GCM (Guarda Civil Municipal) e da Defesa Civil e um da Secretaria de Gestão Habitacional e Obras.

Todos eles realizam filmagens em alta resolução que serão úteis para identificar focos do mosquito e contribuir na prevenção e na definição de novas ações de combate ao mosquito e controle da dengue.

Drones dengue

Leticia Aguiar não esconde que ouviu a sugestão do jornalista e radialista Clemente Lemes, durante o Jornal da Manhã da Jovem Pan: “Ouvi a sugestão do Clemente na rádio Jovem Pan, ao comentar o aumento do número de casos na região, e imediatamente solicitei a minha assessoria o envio do documento com a sugestão aos prefeitos de São José dos Campos e de Jacareí”, disse a parlamentar.

Segundo a deputada , estes equipamentos dotados de câmeras de alta resolução e sensores especializados, permitem o detalhamento das áreas afetadas: “A capacidade de sobrevoar diferentes regiões rapidamente facilita a identificação de possíveis criadouros do mosquito, inclusive em locais de difícil acesso para os agentes de combate às endemias do município”.

São José tem ações de combate à dengue no Carnaval

Enquanto não utiliza os drones, o trabalho de combate à dengue não para em São José dos Campos. Durante o feriado prolongado de Carnaval, a Prefeitura irá intensificar, ainda mais, as ações para conscientizar a população e eliminar os criadouros do mosquito Aedes aegypti.

Deste sábado (10) até a próxima quarta-feira (14), sempre das 8h às 14h, agentes de combate às endemias e agentes comunitários de saúde estarão nas ruas para orientar os munícipes e vistoriar as residências.

O trabalho será realizado por 129 profissionais da Secretaria de Saúde, com ações de bloqueio e controle de criadouros e nebulização de locais com casos confirmados de dengue.

Eles atuarão nos bairros Bosque dos Eucaliptos, Jardim Satélite, Cidade Morumbi, Jardim Colonial, Dom Pedro 1º e Residencial União, todos na região sul; Vila Industrial (região leste) e Vila Iracema (região sudeste).

Startup propõe uso de drones para combater mosquito da dengue

Regulamentação do uso de drones

A operação de drones no país é regulamentada pela Anac (Agência Nacional de Aviação Civil). Os aparelhos são cadastrados no órgão.

Drones dengue

Toda decolagem deve ser precedida da elaboração de um plano de voo pelo operador e seguida de aprovação pela Anac. A exigência tem o objetivo de garantir a segurança de voo na área de sobrevoo do drone, onde podem estar circulando aviões e helicópteros.

A utilização destes aparelhos em São José foi regulamentada pela lei municipal 9.846, que foi sancionada em novembro de 2018.

Colaboração da população

É essencial a colaboração dos munícipes, redobrando os cuidados e sendo cordiais com os agentes, deixando-os entrar na casa para avaliação dos quintais, vasos de plantas e ralos. Eles estão trabalhando para garantir a saúde de todos. Conheça os agentes.

Caso identifique terrenos abandonados ou locais que possam ser criadouros do transmissor da dengue, entre em contato pela central 156 (telefone, site e aplicativo).

Cuidados

Ações para evitar criadouros

  • • Evite o uso de pratinhos embaixo das plantas
  • • Evite planta aquática
  • • Não acumule entulho e lixo
  • • Faça sempre a manutenção de Piscinas e Fontes, utilizando produtos químicos líquidos
  • • Retire a água acumulada da laje
  • • Mantenha a lixeira sempre fechada
  • • Guardar pneus em lugares cobertos
  • • Guarde garrafas e baldes sempre virados para baixo
  • • Lave pelo menos duas vezes por semana, com água e sabão, os vasos usados ​​para servir água aos animais domésticos
  • • Mantenha bem tampados reservatórios e caixas d’água
  • • Mantenha a tampa do vaso sanitário abaixada
  • • Se a caixa de descarga não tiver tampa, é necessário fechar com plástico e fita adesiva
  • • Ao sair de casa, feche a tampa dos ralos internos ou cobertura com tapetes ou objetos

Governo de SP anuncia repasse de R$ 200 milhões às prefeituras para intensificar combate à dengue

Gostou do conteúdo, compartilhe agora mesmo!

Leia também

Veja também