24/06/2024 15:49

Farma Conde Vôlei é campeão da Supercopa em cima do Cruzeiro por 3 sets a 2

O Farma Conde Vôlei São José fez história na noite desta quinta-feira (9) ao bater o Sada Cruzeiro por 3 sets a 2 (26×24 / 23×25 / 25×20 / 20×25 / 15×13) e se sagrar campeão da Supercopa, na Arena Hall em Belo Horizonte. Foi o primeiro título alcançado pelo time joseense desde o início do projeto, em 2021.

O time joseense desbancou o atual campeão da Superliga e pentacampeão da Supercopa. O ponteiro Ademar, autor do ponto do título, foi eleito o melhor do jogo e levou o troféu Viva Vôlei.

A Supercopa é um confronto que coloca frente a frente os campeões da Superliga e Copa Brasil da última temporada, em jogo único. Como o time mineiro foi campeão das duas competições, o São José foi à final por ter sido vice-campeão da Copa Brasil. A vitória joseense quebrou uma sequência de 29 partidas sem derrotas do Cruzeiro.

O time joseense vai encontrar a torcida para a estreia na Superliga na próxima segunda-feira (13) às 19h, no ginásio da ADC Embraer, contra o América Montes Claros.

Com a vitória por 3 a 2 sobre o Cruzeiro, o Farma Conde Vôlei São José conquistou seu primeiro título, o de campeão da Supercopa – Foto: Divulgação

O Farma Conde Vôlei São José fez história na noite desta quinta-feira (9) ao bater o Sada Cruzeiro por 3 sets a 2 (26×24 / 23×25 / 25×20 / 20×25 / 15×13) e se sagrar campeão da Supercopa, na Arena Hall em Belo Horizonte. Foi o primeiro título alcançado pelo time joseense desde o início do projeto, em 2021.

O time joseense desbancou o atual campeão da Superliga e pentacampeão da Supercopa. O ponteiro Ademar, autor do ponto do título, foi eleito o melhor do jogo e levou o troféu Viva Vôlei.

A Supercopa é um confronto que coloca frente a frente os campeões da Superliga e Copa Brasil da última temporada, em jogo único. Como o time mineiro foi campeão das duas competições, o São José foi à final por ter sido vice-campeão da Copa Brasil. A vitória joseense quebrou uma sequência de 29 partidas sem derrotas do Cruzeiro.

O time joseense vai encontrar a torcida para a estreia na Superliga na próxima segunda-feira (13) às 19h, no ginásio da ADC Embraer, contra o América Montes Claros.

O jogo
O técnico Carlos Schwanke levou à quadra os jogadores Matheus Brasília, Ademar, Felipe Roque, Douglas Souza, Matheus Pinta, Lucas Barreto e o líbero Rogerinho.

A decisão começou equilibrada, como já era esperado para este grande confronto. Os joseenses ficaram à frente no primeiro set vencendo por 26 a 24.
O São José iniciou o segundo set com a mesma intensidade, mas os mineiros reagiram e logo passaram à frente, 9 a 8, obrigando o técnico Carlos Schwanke a pedir tempo. A conversa surtiu efeito e no bloqueio duplo de Matheus Pinta e Douglas Souza, os joseenses fizeram 13 a 11.

A equipe do Sada reagiu depois da substituição promovida pelo técnico Felipe Ferraz, colocando o Oppenkoski em quadra. O oposto entrou bem e comandou os mineiros até o fim da parcial, anotando o ponto da vitória, 25 a 23.

O equilíbrio voltou a aparecer no começo do terceiro set, com os times se alternando na pontuação até o central Matheus Pinta anotar mais um ponto para os Gigantes do Vale na bola rápida, 11 a 9. A equipe joseense conseguiu se impor durante toda a parcial, no ace de Felipe Roque a vantagem foi para três pontos, 23 a 20. E no ponto do bloqueio de Lucas Barreto o Farma Conde Vôlei garantiu a vitória, 25 a 20.

A quarta parcial teve um começo conturbado com pedidos de desafios, reclamações de ambos os lados e muito equilíbrio. A primeira vantagem apareceu no ataque do cubano Lopez, 13 a 11 para o Sada Cruzeiro. Os mineiros não deram chances ao Farma Conde Vôlei, e no bloqueio de Ótavio, a equipe levou a partida para o tie-break.

O set decisivo replicou o que foi a partida. No bloqueio triplo, os Gigantes emplacaram a primeira vantagem do set, 10 a 8. A equipe celeste reagiu, e no ataque de Lopez empatou, 12 a 12. O ponto histórico saiu das mãos de Ademar, que garantiu o primeiro título do Farma Conde Vôlei São José.

Elenco:
Opostos: Felipe Roque e Mario Quesada
Levantadores: Matheus Gonçalves, Gustavo Cardoso
Centrais: Matheus Pinta, Geovane, Lucas Barreto, Luis Henrique “Manaus” e João Victtor Cornelsen.
Ponteiros: Douglas Souza, João Franck e Ademar.
Líberos: Rogério Batista e Brayan Boll
Comissão Técnica: Carlos Schwanke, Renato Lucio Soares Junior, Cristiano dos Santos de Almeida, André Tondato da Silva, Fernando Augusto Reginatto Roberto e Felipe Laurentino
Patrocínio: Farma Conde | Cimed | Univap | Americanet | Vinac Consórcios | Minalba | MIlclean | Uniodonto | Poliedro Educação | Rede Máximo de Supermercados | Pilkington | DM | Chic Chihuahua | Beep Beep
Apoio:  ADC Embraer | Monreale Hotels | Sports Fisio Center | RT Sports | Grupo Policlin | Farma Conde Arena
Gestão: Associação Amigos do Vôlei
Realização: Prefeitura de São José dos Campos | LIF (Lei de Incentivo Fiscal) | CBC (Comitê Brasileiro de Clubes)

Gostou do conteúdo, compartilhe agora mesmo!

Leia também

Veja também