26/02/2024 10:58

Floresta Nacional de Lorena é reaberta ao público após revitalização

Foto: PML

A Flona (Floresta Nacional de Lorena) voltou a receber público na última semana, após mais de três anos. O local estava fechado desde o início da pandemia da Covid-19, em 2020, e passou por obras de revitalização, realizadas em parceria com a Prefeitura.

Foram feitas melhorias na sede administrativa, banheiros públicos, na ponte que dá acesso às áreas de lazer e à capela, nas áreas verdes na Vila Funcional, além da recuperação do gradil frontal e dos portões de entrada. Também foi reformada toda a rede elétrica e feita melhorias na iluminação do ambiente, instalação de nova sinalização interna e a revitalização dos acessos às trilhas.

A Floresta permite caminhadas com direito a recantos para lanche, visitas escolares, passeios ciclísticos, percursos de trilhas curtas e longas. Há também espaço para atividades esportivas e área de lazer, com o Circuito Funcional para crianças e famílias.

O NGI (Núcleo de Gestão Integrada) da Mantiqueira e o ICMBio (Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade) são os responsáveis pela administração da Flona, que está completando cem anos de existência.

A história centenária teve início quando um campo de sementes foi trazido para Lorena. Desde então, a unidade já teve diversos nomes, como Horto Florestal, Estação Florestal de Experimentação, Estação Experimental Dr. Epitácio Santiago, passando a chamar-se Flona em 2001, já com a gestão do Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis). Desde 2007, o espaço passou a ser gerido pelo ICMBio.

Entre as autoridades que participaram da cerimônia de reinauguração, o gerente geral do NGI Mantiqueira, Fábio André Faraco; o prefeito Sylvio Ballerini (PSD), o vice-prefeito, Humberto Ballerini (PSD); o capitão André Santos (representando o 5º BIL); os secretários municipais Juliana Barbosa (Turismo), Lucas Mulinari (Manutenção e Serviços Municipais), Samuel de Melo (Meio Ambiente) e o vereador Adilson Sampaio (Podemos), representando a Câmara, além do analista ambiental do ICMBio, o professor Luiz Sergio Sarahyba.

Ponte de acesso – Em janeiro, a Prefeitura finalizou a obra de reconstrução da ponte do bairro do Horto Florestal, que passa sobre o Rio Quatinga e dá acesso à Vila Esperança, bairro próximo à Flona.

A passagem está interditada desde fevereiro de 2022, devido às chuvas que atingiram o município no início do ano passado. Para ter acesso entre os bairros, os moradores precisaram passar por uma propriedade particular.

As obras tiveram início em novembro de 2022, com a reconstrução das cabeceiras, muro de arrimo e a instalação do tabuleiro (pavimento da ponte). As vias de acesso ao local também foram pavimentadas, com bloquetes sextavados. O investimento total da obra é de R$ 502.246,84, custeado integralmente pela Prefeitura.

Gostou do conteúdo, compartilhe agora mesmo!

Leia também

Veja também