14/04/2024 02:09

Governador Tarcísio de Freitas entrega mais 518 unidades habitacionais nesta segunda em São Sebastião

Foto: GESP

O governador de São Paulo Tarcísio de Freitas entrega nesta segunda-feira (19) 518 unidades habitacionais no Bairro Baleia Verde, na Costa Sul de São Sebastião. A entrega ocorre exatamente no dia que completa um ano da tragédia que matou 64 pessoas no Município. Esta é a terceira visita do governador à cidade em 16 dias.

A entrega ocorre às 10 horas. São 518 unidades habitacionais construídas em uma área de 39,3 mil m². O conjunto é composto por 30 prédios de quatro pavimentos e 20 casas térreas, com 18 unidades adaptadas para pessoas com deficiência e quatro centros de apoio ao condomínio. Cada moradia terá 41 m², com dois dormitórios, sala, cozinha e banheiro.

Pavimentação

A Prefeitura de São Sebastião, por meio da Secretaria de Serviços Públicos, em parceria com a Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano (CDHU), do Governo do Estado de São Paulo, realiza serviços de pavimentação asfáltica na Baleia Verde.

Os trabalhos ocorrem na Rua Joaquim Manoel de Macedo, principal via de acesso à localidade, que possui dois quilômetros de extensão. Na primeira etapa da revitalização foi feita a perenização da via com um material conhecido como ‘raspagem de asfalto’ – muito usado em obras de restauração de pavimentos, a chamada ‘fresagem’.

No atual serviço, cerca de 15 homens da Regional Boiçucanga usaram uma vibro acabadora e dois rolos compactadores. Além disso, até o momento, foram aplicados um caminhão tanque com piche e 12 caminhões trucados de massa asfáltica cada um com 14m³.

O serviço conta com mão de obra da Prefeitura e material e maquinário fornecido pela CDHU. O serviço de infraestrutura tem previsão de término até a manhã da segunda-feira (19).

No último dia 3 de fevereiro, foram entregues em Maresias 186 unidades habitacionais de 44 m² cada, com dois dormitórios, sala, cozinha e banheiros. Construído em uma área de 11,7 mil m², o residencial tem seis prédios de quatro pavimentos, com oito apartamentos por andar, além de dois centros de apoio ao condomínio.

À época, o prefeito de São Sebastião, Felipe Augusto fez um balanço da tragédia e agradeceu a humanidade do governador Tarcísio de Freitas, “um líder verdadeiramente comprometido com o bem-estar da população. Neste momento crítico, é importante reconhecer o esforço conjunto das forças de segurança, da Defesa Civil e da força nacional de saúde. A presença constante do governo de São Paulo, inclusive do presidente da República, Lula, demonstra o compromisso total com a recuperação de São Sebastião”.

Mais moradias

A Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação coordena a construção de novos empreendimentos – um deles, no bairro Topolândia, terá 256 unidades e está em fase de licitação. Também está em etapa de estudos um projeto para cerca de 300 moradias na região de Camburi.

Escola

Na última quinta-feira (13), Tarcísio de Freitas deu início ao ano letivo e entregou a nova escola Plínio Gonçalves de Oliveira, no Bairro de Juquehy. na Costa Sul de São Sebastião. A unidade havia sido parcialmente destruída durante chuvas de fevereiro de 2023. A escola vai atender diariamente mais de 630 alunos ao longo dos próximos meses, dos quais 255 são da rede estadual e 380 matriculados no ensino municipal.

Na solenidade, o Governo de São Paulo também anunciou a construção de uma nova sede para a escola municipal Professora Nair Ribeiro de Almeida. O projeto seguirá o mesmo modelo da unidade estadual entregue nesta quinta, com previsão de investimento de R$ 44 milhões de reais — R$ 34 milhões do Estado e R$ 10 milhões pela Prefeitura de São Sebastião.

Tragédia

Na madrugada de 19 de fevereiro de 2023, mais de 600 milímetros de chuva caíram sobre a cidade, especialmente na Costa Sul do Município. Foi o maior volume já registrado em uma única precipitação no país, que provocou a morte de 64 pessoas e deixou 3 mil desabrigados, além de interditar os acessos à região.

O governador Tarcísio de Freitas chegou a São Sebastião na manhã do dia da tragédia, transferiu a sede do governo para a cidade, onde permaneceu por uma semana.

O presidente Lula, acompanhado de diversos ministros, também visitou o Município, onde participou de uma reunião com o governador e o prefeito Felipe Augusto.

O trabalho de remoção e identificação dos corpos durou vários dias e a tragédia de São Sebastião teve repercussão nacional e internacional.

Gostou do conteúdo, compartilhe agora mesmo!

Leia também

Veja também