03/03/2024 16:35

Projeto das Etiquetas completa um ano de atuação em Ilhabela

Foto: PMI

O Projeto das Etiquetas, que passou a automatizar a etiquetagem das amostras coletadas nas Unidades Básicas de Saúde de Ilhabela e enviadas aos laboratórios, completa um ano neste mês de dezembro.

A iniciativa de promover mais agilidade nos serviços foi idealizada pela Secretaria de Saúde, em parceria com a Santa Casa de Misericórdia.

Anteriormente, o processo era realizado manualmente, mas, com o uso das etiquetadoras, o fluxo para coleta e identificação das etiquetas se tornou muito mais rápido e organizado.

O processo foi padronizado em toda a rede de saúde. Atualmente, são atendidos em média de 50 a 70 pacientes por dia na coleta de exames em cada Unidade Básica de Saúde.

A iniciativa dinamiza todo o trabalho realizado por enfermeiras, motoristas responsáveis pelo transporte e pelo laboratório que recebe as amostras.

“A execução desse projeto em todas as unidades de saúde vem otimizando o tempo de envio também aos nossos laboratórios de referência”, destaca Roberta Oliveira, biomédica da Vigilância Epidemiológica.

As coletas são realizadas na Santa Casa e nas Unidades Básicas de Saúde de segunda a sexta-feira, a partir das 7h. Na UBS a coleta é realizada duas vezes por semana. Para mais informações, consulte sua UBS.

Gostou do conteúdo, compartilhe agora mesmo!

Leia também

Veja também