25/05/2024 11:16

Seleção Brasileira de Basquete faz primeiro treino em Buenos Aires

A Seleção Brasileira masculina fez seu primeiro treino no Ginásio do Obras Basket, em Buenos Aires. A equipe chegou na Argentina no fim da tarde da segunda-feira, 23, e fará cinco atividades até a partida contra o Panamá, na sexta-feira, às 13h10. O time volta à quadra no sábado, às 13h10, quando encara o Paraguai. Os dois jogos podem garantir o time na AmeriCup 2022 e terão transmissão ao vivo do SporTV.

Rafa Mineiro foi escolhido por Petrovic para ser o capitão da equipe nessa janela. Ele falou da felicidade e da responsabilidade.

– Como capitão, estou muito feliz. Sou o mais velho dessa seleção. Vai ser uma grande missão tentar passar um pouco do que sei e que tenho vivido na seleção nos últimos anos, e tentar passar o que tenho aprendido com os mais velhos – disse o jogador.

Rafa também comentou sobre o “novo normal”, com a bolha da FIBA para prevenção da COVID-19 e os novos protocolos.

– A expectativa é de corresponder à altura de seleção brasileira. O time é jovem, mas a maioria já jogou junto em clube, em seleção. Temos apenas três dias para treinar, o entrosamento vem mais rápido. Nos adaptando ao novo tempo da COVID-19, é pouco tempo de quadra, então a gente tem que conversar muito. Até fora da quadra. E isso a gente tem feito bastante.

E se não teve treino na segunda, a primeira noite em Buenos Aires foi de conversa. Os atletas foram apresentados ao projeto “O Jogo Além da Quadra”, uma parceria da CBB com a Liberta Global para levar educação financeira de forma gratuita aos jogadores de basquete do país. Por cerca de 30 minutos, os atletas assistiram a vídeos como o do ex-pivô e hoje da comissão técnica do Brooklyn Nets, Tiago Splitter, falando sobre a importância dos jogadores se planejarem para a sequência da carreira e para o pós-carreira também.

As Eliminatórias da AmeriCup não tiveram suas datas afetadas pela pandemia da COVID-19, mas a logística mudou. O Brasil jogaria em casa nesses dois duelos de novembro, mas por conta do novo coronavírus, esses jogos serão em formato de bolha em Buenos Aires. A Seleção já havia estreado na disputa com duas vitórias sobre o Uruguai, em fevereiro. Em 2021, também em fevereiro, o time volta à quadra para enfrentar novamente Panamá e Paraguai, fechando as Eliminatórias da AmeriCup, que será jogada em 2022.

Jogadores passam por testes de COVID-19

Todos os jogadores seguiram o Protocolo da FIBA, realizando dois testes de COVID-19 (PCR) cada um, na semana anterior ao embarque. Os atletas ainda irão precisar negativar nos testes PCR que serão realizados na bolha para confirmar presença nos jogos contra Panamá e Paraguai.

Os atletas têm recebido também orientações da CBB sobre a prevenção ao COVID-19, todas de acordo com o Protocolo de Retorno ao Esporte, elaborado pela área médica da entidade, sob comando do Dr. Carlos Andreoli.

 

Gostou do conteúdo, compartilhe agora mesmo!

Leia também

Veja também