26/02/2024 12:01

Taubaté registra a primeira morte por dengue

Foto: Reprodução

Taubaté registrou hoje sua primeira fatalidade por dengue. De acordo com a prefeitura, a vítima foi um homem de 76 anos, que já sofria de outras condições de saúde, e cujo estado foi agravado pela doença transmitida pelo mosquito Aedes aegypti. O homem residia na área central da cidade.

No mesmo período do ano passado, Taubaté não teve nenhum óbito e apenas 26 casos. Entretanto, este ano já foram confirmados 1.101 casos positivos, o que representa um aumento de 4.234%.

A prefeitura intensificou as medidas de combate ao mosquito nas áreas mais afetadas da cidade, como Quiririm, Novo Horizonte, Cecape, Chácara Flórida e Santa Tereza.

DENGUE NO VALE
O Vale do Paraíba é a região onde a doença mais avançou em comparação com o início do ano passado, quando foram confirmados 279 diagnósticos -a alta foi de 1.394%. Taubaté, por exemplo, já teve 1.101 casos positivos de dengue, enquanto São José dos Campos (96 km de SP) teve mais de 500.

A situação de Pindamonhangaba é uma das mais alarmantes. A cidade já confirmou 1.930 casos da doença e duas mortes de idosos, sendo um de 80 e outro dde 82 anos, e decretou estado de emergência.

O cenário de Jacareí também preocupa. Sozinha, a cidade registrou 1.608 casos de dengue nesse ano, dois deles fatais, também idosos, de 84 e 74 anos. Assim como Pinda, a cidade decretou estado de emergência e solicitou vacina contra a dengue ao Ministério da Saúde.

Gostou do conteúdo, compartilhe agora mesmo!

Leia também

Veja também