12/04/2024 15:01

Telegram de Sergio Moro é hackeado e dispara pornografia

Telegram

Telegram de Sergio Moro sofreu nova invasão. Na madrugada desta quarta-feira (3/11), o perfil o ex-juiz e ex-ministro no aplicativo de troca de mensagens foi ativado sem sua autorização e passou a distribuir pornografia.

A “Vaza Jato”, como ficou conhecida, expôs as relações entre Moro e procuradores e colocou em xeque a sua imparcialidade.

Em depoimento à 10ª Vara Federal de Brasília, em maio deste ano, Moro disse que desistiu de usar o Telegram em 2017 por não considerá-lo confiável.

Após rescindir contrato com a empresa para a qual trabalhava nos Estados Unidos, o ex-ministro voltou ao Brasil na última segunda-feira (1º/11) para articular sua pré-candidatura ao Palácio do Planalto.

O ex-juiz deve desembarcar em Brasília nesta quarta-feira (3/11), onde terá encontros políticos. Entre eles, com integrantes do União Brasil, partido que resultará da fusão entre o DEM e o PSL.

Telegram

*Metrópolis

Gostou do conteúdo, compartilhe agora mesmo!

Leia também

Veja também