18/07/2024 02:08

O que fazer no feriadão do Dia da Crianças em São José?

feriadão

O que fazer no feriadão do Dia da Crianças em São José? Uma opção é o Retrô Dancing, que vai integrar a programação do 31º Festidança no próximo domingo (10). Às 14h, por meio de live (transmissão online ao vivo), os DJ´s Jeff, Juninho e Manu prometem agitar o importante festival de dança com passinhos ao som dos anos 70, 80, 90 e 2000.

Para conduzir o ritmo dos passinhos, relembrando os tempos das danceterias, estarão a postos os dançarinos Renato e Monfredini, Fernanda Faro e Gaspar, Bruno e Mauri Silva, e Tabhita Ventura, que não vão deixar ninguém parado. Para acompanhar é só acessar o canal do youtube da Fundação Cultural (youtube.com/fccrsjc).

O Festidança é uma realização da Fundação Cultural Cassiano Ricardo e, neste ano, tem a parceria da Afac (Organização Social de Cultura). O evento acontecerá nos dias 9 a 16 de outubro, no Parque Vicentina Aranha, com ações híbricas (presencial e com transmissão ao vivo).

Sobre o projeto

Realizado pela FCCR, o Retrô Dancing relembra as antigas danceterias de São José dos Campos e promove o reencontro de pessoas que costumavam frequentar esses ambientes, com aulas abertas de passinhos dos anos 70, 80, 90 e 2000. O evento é gratuito e aberto para todos os públicos. Para participar não é necessária inscrição e nem ter experiência em dança.

Atividades culturais para o Dia das Crianças

A Fundação Cultural Cassiano Ricardo preparou uma festança para o feriadão do Dia das Crianças – 12 de outubro. São atividades para crianças de todas as idades, que inclui brincadeiras circenses com palhaços e malabares, oficinas de desenho, arte em argila, circuito de parkour, parque de bambu e show literomusical. Tudo de graça, a partir das 10h, no Centro Cultural Clemente Gomes.

As brincadeiras do feriado de terça-feira (12) encerram às 17h com o show infantil “Andanças Passarinheiras”, da Cia Grupo Passarinheiros. O público será restrito em atendimento aos protocolos normas sanitárias. Não é necessário reservar ingressos, a participação será por ordem de chegada.

A programação do feriadão para a criançada prossegue até o dia 15 com a Semana do Brincar, trazendo ações presenciais e virtuais, envolvendo a Casa de Cultura Lili Figureira, que realiza a 5ª Semanina do Brincar, e a Casa de Cultura Rancho do Tropeiro, que apresentará um espetáculo teatral infantil. Confira programação completa abaixo.

Programação

Dia 12, das 10h às 17h
Local: Centro Cultural Clemente Gomes (Fundação Cultural Cassiano Ricardo, no Parque da Cidade)
Atividade: Brincadeiras circenses, parkur, oficinas, parque de bambu e show literomusical

Dia 13, às 9h
Local: Casa de Cultura Rancho do Tropeiro Ernesto Villela (Eugênio de Melo)
Atividade: Teatro no Rancho com a peça infantil “Alquimísticos”

Dia 13, às 14h
Local: youtube.com/fccrsjc
Evento: 5° Semaninha do Brincar – Confecção da galinha acústica

Dia 14, às 14h
Local: youtube.com/fccrsjc
Evento: 5° Semaninha do Brincar – Confecção de peteca

Dia 15, às 14h
Local: youtube.com/fccrsjc
Evento: 5° Semaninha do Brincar – Confecção do pião de argila

feriadão

Feriadão no Parque Vicentina Aranha

Com apoio da Prefeitura, neste feriadão, a AFAC (Associação para o Fomento da Arte e da Cultura) e a Paróquia Sagrada Família, da Diocese de São José dos Campos, inauguram no Parque Vicentina Aranha, na próxima segunda-feira (11), às 11h, o Memorial Padre Rodolfo Komorek. O espaço é exatamente o quarto onde o Padre Rodolfo ficou internado para tratar de uma tuberculose e faleceu em 11 de dezembro de 1949, quando a área ainda era um sanatório.

Desde então o local passou a ser visitado por peregrinos, sendo fechado com o encerramento das atividades do sanatório. Em 2006, toda a área do antigo sanatório, de 84.500m², foi adquirida pela Prefeitura e reaberta ao público em 2007, como parque municipal. Em 2011 a AFAC passou a ser gestora do parque e responsável pela programação cultural planejada e realizada a partir desta data.

A solenidade faz parte das comemorações dos 80 anos da chegada do Padre Rodolfo a São José e começará com um bate-papo, às 10h, sobre a sua vida e obra. Participarão do encontro o antropólogo Hugo Ricardo Soares, o teólogo padre Maurício Tadeu Miranda, pároco da Paróquia Sagrada Família, o secretário da vice postulação da Causa do Padre Rodolfo, Rômulo Paula, e do presidente da AFAC, Aldo Zonzini Filho.

Ações conjuntas

Hugo Soares, que também é historiador e escritor, é autor do livro ‘Do Cemitério ao Altar – Um estudo sobre a devoção e o processo canônico do Padre Rodolfo Komorék’, lançado pelo Museu do Folclore de São José dos Campos em julho deste ano, como 27º volume da Coleção Cadernos de Folclore. “Será um prazer estar em São José, minha terra natal, podendo contribuir com este momento tão importante para todos nós”, enfatiza Hugo Soares.

O padre Maurício Tadeu Miranda e o secretário da vice postulação, Rômulo Paula, falarão sobre o interesse e o atual estágio em que se encontra o processo de beatificação e canonização do Padre Rodolfo, aberto em 1964. “Um milagre atribuído à sua intercessão poderá beatificá-lo e, posteriormente, canoniza-lo, tornando-se o primeiro santo ligado diretamente à história do município”, ressalta Rômulo Paula.

“As ações conjuntas da AFAC e da Paróquia Sagrada Família reforçam o propósito de promoção do conhecimento, salvaguarda do patrimônio material e imaterial e da recuperação dos bens culturais ligados à causa de beatificação e canonização do Padre Rodolfo no Parque Vicentina Aranha”, destaca Aldo Zonzini Filho.

Para encerrar a solenidade, às 12h, a Paróquia Sagrada Família – Diocese de SJC lançará uma nova edição da biografia ‘Rodolfo Komorek: o Padre Santo’. Também haverá descerramento de placa comemorativa, benção e depósito de relíquias interior do memorial. A solenidade será acompanhada de apresentações do Quarteto de Cordas Luzes da Ribalta.

Visitação pública

A partir do feriadão de 12 de outubro (terça-feira) o memorial será aberto diariamente para visitação pública, das 9h às 19h. E até o fim do mês, aos sábado e domingos, a paróquia disponibilizará um monitor para receber e apresentar o memorial aos visitantes.

Parque Vicentina Aranha   

Foi inaugurado pela Santa Casa de Misericórdia de São Paulo, em 1924, como Sanatório Vicentina Aranha, um dos maiores centros para tratamento de tuberculose da América Latina. É tombado como patrimônio histórico pelo COMPHAC (Conselho Municipal de Preservação do Patrimônio Histórico, Artístico, Paisagístico e Cultural do Município de São José dos Campos) e CONDEPHAAT (Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e turístico).

Parque Vicentina Aranha
Rua Prudente Meireles de Moraes, 302, Vila Adyana.
Telefone para contato: (12) 3341-5696.

Veja também